terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Rubens Barrichello na Indy, espero por isso a 15 anos


O mundo mudou muito nos últimos 15 anos, mas desde aquela época eu gostaria de ver Rubens Barrichello na Fórmula Indy. Eu era criança ainda quando o Rubinho estreou na F-1, mas mesmo sem internet ou TV a cabo, pelas notas da revista Quatro Rodas eu já me empolgava com o Rubinho e esperava muito dele na F-1, mas assim como muitos outros ótimos pilotos, Barrichello se tornou uma promessa que nunca se concretizou. Ganhou corridas, foi vice-campeão... recordista de corridas na F-1. Mas quem entende um pouco de automobilismo sabe que Barrichello podia conseguir muito mais. Merecia ser campeão, conquista que pilotos inferiores como Damon Hill, Jacques Villeneuve e Jenson Button conseguiram.


Quase escrevi aqui no blog sobre a contratação do Bruno Senna pela Williams, forçando Barrichello a aposentadoria por falta de um carro digno na F-1. Mas não lamentei, porque nem mesmo a Williams hoje merece um piloto como Barrichello. Ele não tem nada a ganhar na Williams, além de somar mais algumas corridas. Ganhar corrida, só por milagre. Já para o Bruno Senna, essa é uma grande oportunidade. Oportunidade de disputar sua primeira temporada completa por uma boa equipe, que ainda pode recuperar os tempos de glória. Bom para o Brasil, que pode ter um grande piloto conquistando seu espaço. Assim é a vida, os jovens mais cedo ou mais tarde assumem o posto.

Não lamento a falta de Barrichello no grid da F-1, ele esteve ali por quase 20 anos. Lamento mais pelos que nunca tiveram chance, e a lista é bem longa. Lamento mais por Barrichello não ter tido um carro competitivo no começo da carreira. Como fã, fico decepcionado por ele não ter trocado a Ferrari por outra equipe de ponta quando mostrou ao mundo que podia vencer Schumacher em condições iguais, que não era o caso na Ferrari. Com o mínimo de bom-senso, McLaren, Renault e Williams deveriam brigar para contratar Barrichello naquela época. Era um dos poucos que podiam vencer Schumacher no seu auge. Aquele era o momento para Barrichello na Williams, que não tinha um piloto a altura da Williams-BMW. A McLaren tinha Raikkonen. Hoje, Barrichello só prorroga a aposentadoria na Williams.


Ainda assim, eu preferia ver Barrichello na F-1 do que aposentado. Fico feliz pela grande chance do Bruno Senna, e espero que o Lucas di Grassi ainda tenha alguma. Aliás, se o Barrichello correr na Indy, espero que o di Grassi vá correndo atrás. Competir com Barrichello em uma categoria equilibrada como a Indy é a melhor chance que di Grassi vai ter de conseguir uma segunda chance na F-1.

Rubens Barrichello na Indy e Kimi Raikkonen de volta a F-1 são as melhores noticias desde o acidente do Kubica. Hoje, acho muito melhor para o Barrichello correr na Indy do que continuar na F-1 pela Williams. Na verdade, faz 15 anos que eu pensava isso. Quando a Indy vivia seu melhor momento, antes da separação entre Cart e IRL, Jacques Villeneuve fez com sucesso o caminho inverso, da Indy para a F-1. Até então, a Indy era uma diversão para ex-pilotos de F-1 como Fittipaldi e Mansell. Michael Andretti foi um fiasco, mas Villeneuve conseguiu. Então Alessandro Zanardi teve sua segunda chance na F-1 após duas temporadas arrasadoras na Indy, mas infelizmente o momento da Williams não era dos melhores. Montoya ainda conseguiu sua chance, mas desde então a Indy entrou em decadência. A velha Indy, da Cart. A nova Indy nunca conseguiu recuperar o brilho que tirou da velha Indy.


Antes de Barrichello ser contratado pela Ferrari, quando a Indy estava no auge, eu esperava que Barrichello fosse para os Estados Unidos, arrebentar na Indy e mostrar seu talento, para conseguir uma chance em uma grande equipe na F-1. Então ele foi contratado na Ferrari, mostrou que podia e conseguiu vencer Schumacher em condições iguais, mas não era isso que a Ferrari queria. A Ferrari queria um escudeiro, não um rival para o Schumacher. Mas toda a equipe foi montada ao redor do Michael, desde 1996, quando o Rubinho recusou a oferta da Ferrari. Nunca me conformei pelo Rubinho não aproveitar aquele momento. Em vez de brigar dentro da Ferrari, ele tinha moral pra escolher qualquer outra equipe. Com experiência e capacidade de vencer o Schumacher, podia escolher McLaren ou Williams, e vencer o Schumacher com outro carro.

Quando finalmente o Rubinho deixou a Ferrari, a Honda como equipe foi uma péssima surpresa, e sua carreira parecia ter um fim melancólico. Ressuscitou com a Brawn, ganhou corridas, assinou com a Williams... onde não teve carro para conquistar mais do que somar corridas a carreira. Acho que ele tem muito mais a ganhar na Indy, vencendo corridas e provavelmente sendo campeão logo no primeiro ano. Pode gostar e ficar, ou quem sabe ter uma chance de voltar a F-1. Mas teria que ser uma chance de ganhar corridas, ou seria melhor vencer na Indy.

Ano passado, com a chance de Rubinho perder a vaga na Williams, eu já torcia pra ele correr na Indy. Até o acidente fatal do Dan Wheldon. Até pensei que seria melhor o Rubinho ir pescar do que correr na Indy. Mas vai ser legal ver ele vencendo de novo. Gostaria de ver o Rubinho encerrando a carreira como ele merece, vencendo, e na Indy ele pode ser campeão. Com o Rubinho na Indy, eu até teria paciência pra assistir aquelas corridas, com bandeiras amarelas intermináveis e desnecessárias... gosto da filosofia esportiva do automobilismo americano, de igualdade e equilíbrio. Seria legal ver o Rubinho arrebentando em uma categoria de competição pura como a Indy. Sou um grande fã do Rubinho, sempre fui e espero o melhor para ele. Seja na Indy, na F-1 onde sinto que sua história ainda não terminou, ou pescando com os filhos... ele merece ser feliz e vai ficar bem de qualquer jeito.




Barrichello testa carro de Fórmula Indy pela primeira vez

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

postagens mais lidas da semana

Foro de São Paulo + Marxismo Cultural = Golpe Comunista



vídeos no youtube

Partido Nazista no Brasil, Socialismo e Comunismo - Daniel Coelho
BOLSONARO FALA EM VEADOS E CITA DATENA
PALAVRA ABERTA - COMISSÃO DA VERDADE - Jair Bolsonaro
Entrevista com o Cabo Anselmo no Canal Livre da TV Bandeirantes (1/9)
Entrevista com o Cabo Anselmo ao Dextra
Julio Severo concede entrevista exclusiva ao Dextra
Destruindo chavões socialistas - Leonardo Bruno
Mitos do liberalismo e socialismo - Filipe Altamir
10 anos da morte de Celso Daniel do PT. Lucia Hippolito para rádio CBN
O PT quer dar um Golpe no Brasil - Reinaldo Azevedo pt 1/2
O PT quer dar um Golpe no Brasil - Reinaldo Azevedo pt 2/2
Silas Malafaia em audiência do PLC 122 em 29 de novembro de 2011
O Drama da Mulher Moderna - Padre Paulo Ricardo (01/02)
O Drama da Mulher Moderna - Padre Paulo Ricardo (02/02)
Yuri Bezmenov - Marxistas, os idiotas úteis
Yuri Bezmenov - A corrupção moral da sociedade pelos Marxistas
Yuri Bezmenov - A corrupção moral da sociedade pelos marxistas - II


Olavo de Carvalho

Conselho de Olavo aos Brasileiros - Fujam do mundo melhor !!!
A Diferença entre Socialismo e Comunismo
Caetano Veloso e intelectuais de esquerda acordam para projeto totalitário do PT
O PT e o Desarmamento do Brasil
Governo, Farc e Foro de S. Paulo (prof. Olavo de Carvalho)
O Foro de São Paulo e o Neo-Comunismo
True Outspeak - Terrorismo e Foro de São Paulo
Ódio Esquerdista, Vitimismo Negro e Coitadismo Feminino
Escravidão, etnias, miscigenação, cotas raciais, racismo — TO 02/12/09
O COMUNISMO NO BRASIL É INEVITÁVEL!
Olavo de Carvalho explica o comunismo completamente (Parte 1)
Olavo de Carvalho explica o regime militar brasileiro
Casamento gay e Caos Jurídico no Brasil
Olavo de Carvalho - O COMUNISMO NO BRASIL É INEVITÁVEL!
Olavo de Carvalho Explica Porque Esquerdista não é Igual a Pessoa Normal