domingo, 28 de agosto de 2011

Spa-Francorchamps 2011 - Vettel, Senna e Schumacher

Spa-Francorchamps, junto com Interlagos, Suzuka, Mônaco, algumas poucas pistas que realmente valem a pena nessa Fórmula 1 controlada por bancos e corporações, o esporte limitado pelas chatices do marketing e boa reputação das grandes empresas que colocam a marca nos carros...

Essa edição lembra os bons tempos da Fórmula 1, quando o esporte ainda era maior que o negócio. Michael Schumacher, o grande recordista, estreava 20 anos atrás, no GP da Bélgica de 1991, competindo pela Jordan, outra equipe que faz falta nessa chatice atual. A Jordan era uma equipe muito legal, como a Sauber e a Minardi. Pequenas equipes que lembravam os tempos dos garagistas, a simplicidade que sumiu com as equipes de fábrica... a Jordan também fazia sua primeira temporada, estreava bem, com um bom carro mas motor fraco... e muito bonito.

Spa-Francorchamps 1991, estréia de Schumacher pela Jordan, bancado pela Mercedes

Com um impressionante 7º lugar no grid, conquistado com a chuva na classificação, Schumacher já impressionou na estréia, bancado pela Mercedes, sendo contratado pela Benetton, na vaga do grande guerreiro e excelente piloto Roberto Pupo Moreno, um dos muitos que poderia ter sido muito maior do que foi na história da F-1. Pela Benetton foi o último companheiro de equipe do nosso ídolo Nelson Piquet, venceu pela 1ª vez 1 ano depois, em Spa, e conquistou os títulos de 1994 e 95.

Spa-Francorchamps 1992, primeira vitória de Schumacher com a bela Benetton

Nunca fui fã do Schumacher, por atitudes sujas como as de Adelaide 94, contra Hill, Jerez 97, contra Villeneuve, e os 6 anos de sacanagem contra o Rubinho na Ferrari. Embora o Rubinho também não tenha tido um comportamento exemplar naquela época. Deveria reconhecer o mérito de Schumacher, que levantou a equipe, e negociado com outra equipe de ponta, se impondo com a autoridade de um dos melhores pilotos da categoria no auge de sua carreira.

Nessa etapa Schumacher celebra 20 anos de uma carreira com números provavelmente imbatíveis, mas que não justificam dizer que seja o melhor piloto de todos os tempos. Schumacher teve o melhor carro em várias temporadas, muito superior, com uma equipe de alto nível. Bastou Rory Byrne se aposentar para Schumacher e a Ferrari serem superadas pela Renault com Alonso. Ross Brawn mostrou sua importância em 2009. Enquanto Schumacher dominou as pistas soberano em 5 temporadas, Ayrton Senna, Nelson Piquet, Alain Prost e Nigel Mansell dividiram as pistas e as vitórias... qualquer um deles colecionaria recordes como Schumacher, sendo o único gênio na pista.


Mas esse ano em Spa não ficamos apenas lembrando o passado. Mais uma vitória do jovem gênio alemão Sebastian Vettel, nenhuma novidade... a boa surpresa, a melhor surpresa para os brasileiros em muito tempo, foi Bruno Senna. Ele foi o destaque no sábado, conquistando a mesma posição de Schumacher em 1991. Com a mesma ajuda dos céus, um 7º lugar com a pista molhada. Um impressionante 7º lugar. Estreando pela equipe, Bruno estava na reserva desde o final do ano passado, quando sofreu nas pistas com a Hispania, o pior carro da Fórmula 1 em pelo menos 15 anos. Superou seu companheiro Petrov, o bom russo que vinha superando Nick Heidfeld, um bom alemão que encerra a carreira na F-1.

Extremamente impressionante essa demonstração de talento do Bruno, não pelo que ele fez na carreira, mas pelo que ele não fez. Com uma curta carreira, deixou as pistas ainda criança com a morte do tio Ayrton em 1994. Voltou 10 anos depois, teve aulas de pilotagem, aprendeu a pilotar um kart com a idade que alguns pilotos estrearam na Fórmula 1, como Barrichelo aos 20 anos, Vettel aos 19... Bruno nunca foi campeão nas categorias de base, o que seria espantoso. Depois do vice-campeonato na GP2 em 2008, fez 2 corridas com protótipo em 2009, 2010 com a Hispania e voltou para a reserva... até finalmente pegar um bom carro, contar com a sorte da chuva e mostrar que não chegou a Fórmula 1 apenas pelo nome.


Bruno honrou o nome, sem dúvida. Pode não conseguir mais nenhum bom resultado e até encerrar a carreira na Fórmula 1 ainda esse ano. Bruno já entra para o mundo do SE, se tivesse voltado a correr de kart 2 ou 3 anos após a morte de Ayrton, provavelmente Bruno seria hoje um piloto consagrado. Mostrou que tem talento pra isso, e sem dúvida todo o tempo perdido quase desperdiçou um grande talento. Bruno pode até conseguir se estabelecer na Fórmula 1, e provavelmente vai, pois já mostrou que o tempo perdido não apagou seu talento. Com o carro certo, pode vencer corridas. Mas se Bruno vencer uma corrida na Fórmula 1, não fosse o tempo perdido, provavelmente ele seria capaz de disputar títulos. E se Bruno, algum dia, por mais difícil que seja considerar isso hoje, um dia se tornar campeão de Fórmula 1... então ele tinha talento para se tornar quase tão grande quanto o tio Ayrton. Mas o tempo que passou sempre vai fazer falta.

De qualquer jeito, Bruno já impressionou. Sem dúvida garantiu o resto da temporada, e já deve estar sendo considerado por outras equipes. Um alívio para nós brasileiros, que assistimos o final de carreira do grande Rubens Barrichello, que espero não seja este ano... e torcemos para Felipe Massa consiga se recuperar e voltar a ser o grande piloto que era antes do acidente de 2009. Enquanto torcemos para que o garoto Felipe Nasr confirme as boas expectativas e conquiste o título da F-3 Inglesa em 2011, rumo a Fórmula 1, Bruno já mostrou ser capaz de fazer muito mais do que poderíamos esperar dele. Bruno sempre demonstrou confiança, nunca foi arrogante, e provou que é bom mesmo. Eu nunca esperei um resultado tão impressionante. Espero que seja só o começo. Schumacher começou com um 7º lugar no grid, 20 anos atrás. Bruno não é um Schumacher, mas já mostrou que é mesmo um Senna... nada mal mesmo.


Ah sim, devemos todos agradecer a Eike Batista, pelo que o Flávio Gomes comentou no blog dele, o patrocinador do Bruno nessa corrida. Mais uma vez Eike fez uma grande contrinuição para o Brasil. Tenho que escrever sobre ele qualquer hoje, aliás já deveria ter escrito, mas passou a inspiração... assisti uma entrevista dele algum tempo atrás, gostei muito. O Brasil precisa de mais milionários gente boa como esse Eike, usando bem seu dinheiro para melhorar o país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

postagens mais lidas da semana

Foro de São Paulo + Marxismo Cultural = Golpe Comunista



vídeos no youtube

Partido Nazista no Brasil, Socialismo e Comunismo - Daniel Coelho
BOLSONARO FALA EM VEADOS E CITA DATENA
PALAVRA ABERTA - COMISSÃO DA VERDADE - Jair Bolsonaro
Entrevista com o Cabo Anselmo no Canal Livre da TV Bandeirantes (1/9)
Entrevista com o Cabo Anselmo ao Dextra
Julio Severo concede entrevista exclusiva ao Dextra
Destruindo chavões socialistas - Leonardo Bruno
Mitos do liberalismo e socialismo - Filipe Altamir
10 anos da morte de Celso Daniel do PT. Lucia Hippolito para rádio CBN
O PT quer dar um Golpe no Brasil - Reinaldo Azevedo pt 1/2
O PT quer dar um Golpe no Brasil - Reinaldo Azevedo pt 2/2
Silas Malafaia em audiência do PLC 122 em 29 de novembro de 2011
O Drama da Mulher Moderna - Padre Paulo Ricardo (01/02)
O Drama da Mulher Moderna - Padre Paulo Ricardo (02/02)
Yuri Bezmenov - Marxistas, os idiotas úteis
Yuri Bezmenov - A corrupção moral da sociedade pelos Marxistas
Yuri Bezmenov - A corrupção moral da sociedade pelos marxistas - II


Olavo de Carvalho

Conselho de Olavo aos Brasileiros - Fujam do mundo melhor !!!
A Diferença entre Socialismo e Comunismo
Caetano Veloso e intelectuais de esquerda acordam para projeto totalitário do PT
O PT e o Desarmamento do Brasil
Governo, Farc e Foro de S. Paulo (prof. Olavo de Carvalho)
O Foro de São Paulo e o Neo-Comunismo
True Outspeak - Terrorismo e Foro de São Paulo
Ódio Esquerdista, Vitimismo Negro e Coitadismo Feminino
Escravidão, etnias, miscigenação, cotas raciais, racismo — TO 02/12/09
O COMUNISMO NO BRASIL É INEVITÁVEL!
Olavo de Carvalho explica o comunismo completamente (Parte 1)
Olavo de Carvalho explica o regime militar brasileiro
Casamento gay e Caos Jurídico no Brasil
Olavo de Carvalho - O COMUNISMO NO BRASIL É INEVITÁVEL!
Olavo de Carvalho Explica Porque Esquerdista não é Igual a Pessoa Normal