quinta-feira, 26 de maio de 2011

foda-se a gramatica alienante

Quem são os Illuminati – Parte 7 – Controle Mental

ja faz alguns dias, semana passada, que a imprensa tentou criar uma grande polemica por causa de um livro com erros de gramatica... não liguei para o fato, nem a favor nem contra, simplesmente não liguei... não ia comentar nada aqui, mas hoje tive alguns pensamentos... sempre tive pensamentos, idéias, a vida inteira, e recentemente resolvi começar a aproveitar essas idéias para escrever nesse blog antes de esquecê-las...

sento e escrevo, relativamente rápido, sem parar pra pensar, mas o pensamento é mais rápido que a digitação... despreocupado, pois nunca me importei com gramática... claro que concordância é importante, um mínimo de coerência... mas sempre odiei gramática, de todas as aulas na época da escola, gramática era a que eu mais odiava, mais detestava, mais me dava sono, e de todas as matérias as aulas de gramática e português eram as que eu mais dormia durante a aula...

simplesmente porque gramática é uma babaquice inútil, uma tremenda viadagem, não serve pra porra nenhuma... são regras e mais regras que não acabam nunca... a gramática da língue portuguesa reflete a mesma cultura que cria milhares de leis complicadas e inúteis, um sistema jurídico complexo e contra-produtivo, um sistema extremamente burocrático que atrapalha o desenvolvimento do Brasil e não impede golpes e fraudes.

Já ouvi dizer que a Constituição do Brasil é elogiada, um modelo, um exemplo para o mundo... mas eu acho que nossa Constituição deveria ser rasgada e queimada. Modelo mesmo é a Constituição dos Estados Unidos, que em séculos de existência pouco foi modificada. Nossa complexa e completa Constituição, em pouco mais de 20 anos, já está toda remendada e defasada. Como a lei fundamental do país, deveria ser simples, clara e direta. Que adianta uma lei tão completa, que os cidadãos brasileiros não conhecem? Como exigir o cumprimento de uma lei que quase ninguém conhece? Eu gostaria de saber quantos advogados e bacharéis de Direito já leram toda a Constituição brasileira? Talvez seja obrigatório na faculdade...

O Brasil possui milhares de leis, milhares de regras extremamente detalhadas... como exigir o cumprimento destas? Assim como todos os detalhes e exigências burocráticas... criar e encerrar empresas no Brasil é um calvário, talvez seja coerente com a cultura de um país colonizado por uma cultura tão católica quanto a portuguesa, para os católicos a penitência e o sofrimento é praticamente um dever... um estilo de vida... por isso as leis imbecis, a burocracia estúpida, a gramática cheia de frescuras da língua portuguesa.

Quando eu era criança, ainda no primário, devia ter uns 9 anos, certa vez me empolguei com a idéia de quando eu fosse adulto, fazer alguma coisa para revolucionar a educação no Brasil. Coisa de DDA, minha empolgação com qualquer coisa dura apenas alguns dias, até outra coisa chamar atenção... mas sempre fui contra a educação no Brasil. Sempre odiei a escola, me sentia um idiota, com todo o tempo perdido, anos perdidos como vítima de um sistema que atrapalhava mais do que ajudava.

Por isso adorei o Novo ENEM, que apesar de ser sabotado por reacionários, foi a idéia mais brilhante e revolucionária, justamente por ser tão simples, para transformar a educação no Brasil. Enquanto os alunos das escolas públicas sofrem com o descaso e sabotagem do ensino, os alunos das escolas particulares sofrem com a sabotagem de suas mentes, que ao invés de realmente aprender alguma coisa, são forçados a decorar fórmulas e informações apenas para passar no vestibular.

A educação no Brasil não é sistematizada para o conhecimento, para o aprendizado, mas para a alienação. Ao invés de aprender conceitos úteis, crianças e adolescentes são forçadas a absorver uma enchente de informações em quantidade absurda, sem tempo para digerir e absorver conceitos importantes, processar a informação. Decoram tudo para o vestibular, não aprendem quase nada. Professores são obrigados a dar conta de todo o conteúdo, pois cai no vestibular, tendo de apelar para métodos de decoreba, ao invés de ensinar.


Somos alienados pela quantidade de informação, não dando tempo para o cérebro parar para pensar, raciocinar, compreender. Fenômeno que hoje está mais do que evidente com a enxurrada de informações da internet. Uma quantidade ilimitada de informação disponível na rede. Se formos prestar atenção em tudo, as notícias, os fatos, e tudo que nos importa em nossas vidas profissionais, ficamos saturados de informação. Estressa o cérebro, que pouco aproveita de tanta informação. Excesso de dados.

Nossas mentes não são computadores para armazenar dados, e sim para raciocinar, pensar. Saturar a mente é contra-produtivo. Assim como as leis, a burocracia, notícias, a educação no Brasil em si é uma sabotagem. Serve apenas para alienação, para distrair nossas mentes daquilo que realmente importa, atrapalhando nossa concentração com uma avalanche de detalhes para saturar nossas mentes. Por isso a meditação é tão importante, pois afasta todos os pequenos detalhes que atrapalham nossa concentração, nos impedem de manter o foco no que realmente importa.

A gramática da língua portuguesa serve o mesmo propósito, o da alienação. Distrair a mente com detalhes que atrapalham mais do que ajudam. Tirar o foco do que realmente importa, o conteúdo. Eu tento escrever com o objetivo de expressar meus pensamentos da melhor forma possível, expondo meu raciocínio enquanto escrevo. Felizmente não me lembro de nenhuma regra de gramática, e quero que se foda a gramática.

Se eu me lembrasse de regras e detalhes estúpidos, não conseguiria escrever. Já é difícil escrever e aproveitar a inspiração antes que o pensamento se perca, antes que a mente mude de foco ou que qualquer distração me tire a concentração necessária para expressar os pensamentos... que se eu fosse me preocupar com regrinhas imbecis de gramática, não conseguiria escrever porra nenhuma. Ou escreveria textos chatos e maçantes.

Gosto dos meus textos, foda-se a gramática. Porque estou mais preocupado com o conteúdo. A linguagem é apenas o meio de expressar o conteúdo. Quando a linguagem deve transmitir a idéia, mas quando a linguagem é cheia de regras de distraem o autor e tiram o foco do conteúdo, as regras da linguagem atrapalham mais do que ajudam. Os fins justificam os meios, e a linguagem é apenas o meio. O que importa é o conteúdo, que não deve ser estragado por regras estúpidas, anti-produtivas, que atrapalham mais do que ajudam, como acontece no Brasil, como fazem nossas leis, a burocracia e a gramática. No Brasil, os meios prejudicam os fins.

João Gurgel, visionário brasileiro
http://tocadocoelhovoador.blogspot.com/2010/06/joao-gurgel-visionario-brasileiro.html

Já escrevi sobre o João Gurgel, criador da única montadora de carros nacional. Adoro a Gurgel e admiro muito o João Gurgel, especialmente após ler alguns artigos sobre sua história. Acho que foi quando ele morreu... mas de tudo que li sobre ele, uma frase me marcou: "Peça que não existe, não quebra". Sua filosofia era a simplicidade, o que fica evidente nos carros da Gurgel. Rústicos, simples, básicos, sem frescuras, apenas o necessário. Espartano, um carro de baixo custo de produção e manutenção, robusto, leve, ainda mais simples e econômico que o Fusca. Um carro limitado ao que realmente interessa em um carro, um legítimo carro de macho, sem frescura, sem viadagem.

Gramática é frescura, viadagem, regrinhas imbecis e inúteis que atrapalham mais do que ajudam, tornam o meio uma barreira para o fim, a comunicação das idéias e pensamentos, os conceitos que realmente interessam. A Gramática da língua portuguesa serve apenas o propósito da alienação das mentes dos jovens, o objetivo do sistema de ensino brasileiro, que é limitar a criatividade, o raciocínio, as idéias, saturando o cérebro com informações inúteis.

A revolução que a educação no Brasil necessita é a simplicidade. Enxugar a enchente de conteúdos inúteis, permitindo aos jovens focar a atenção naquilo que é realmente importante. Eu sempre odiei a escola, todos os dias ia para a escola como um animal rumo ao abatedouro, sentindo que o único propósito daquele sistema de ensino era alienar minha mente. Infelizmente eu era um dos poucos que percebia isso. Não fiz esforço para me adequar ao sistema, não fiz faculdade e nem vou fazer.

Hoje o Brasil sente as consequências desse sistema de ensino alienatório. Jovens inteligentes se tornam frustrados na escola, mentes criativas são esmagadas em um sistema de regras estúpidas e decoração de fórmulas, limitadas por métodos e regras para tudo, até mesmo nas aulas de artes.

Nossos engenheiros e cientistas sofreram desde cedo com essa educação estúpida, no auge do aprendizado humano, na infância, ao invés de desenvolver suas mentes, foram forçados a se moldar as regras da sociedade estúpida, pelo método de alienação das crianças, a educação repleta de regras imbecis, tendo a Gramática da Língua Portuguesa como o ápice da evolução da alienação das massas.

Menos é mais, essa frase é comum hoje em dia. E resume tudo que o Brasil precisa aprender para se tornar mais eficiente. Para um sistema jurídico mais eficiente, uma educação mais eficiente. Nossa Constituição e nossa Gramática são ótimos exemplos da estupidez de nossa sociedade. Detalhes demais, complexidade que atrapalha mais do que ajuda, meios que prejudicam os fins. Menos é mais, simples e profundo. Sabedoria contra alienação, foco contra distração.

Pink Floyd Another Brick Wall Earls Court 1980 - HiFi Audio

Um comentário:

comentar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

postagens mais lidas da semana

Foro de São Paulo + Marxismo Cultural = Golpe Comunista



vídeos no youtube

Partido Nazista no Brasil, Socialismo e Comunismo - Daniel Coelho
BOLSONARO FALA EM VEADOS E CITA DATENA
PALAVRA ABERTA - COMISSÃO DA VERDADE - Jair Bolsonaro
Entrevista com o Cabo Anselmo no Canal Livre da TV Bandeirantes (1/9)
Entrevista com o Cabo Anselmo ao Dextra
Julio Severo concede entrevista exclusiva ao Dextra
Destruindo chavões socialistas - Leonardo Bruno
Mitos do liberalismo e socialismo - Filipe Altamir
10 anos da morte de Celso Daniel do PT. Lucia Hippolito para rádio CBN
O PT quer dar um Golpe no Brasil - Reinaldo Azevedo pt 1/2
O PT quer dar um Golpe no Brasil - Reinaldo Azevedo pt 2/2
Silas Malafaia em audiência do PLC 122 em 29 de novembro de 2011
O Drama da Mulher Moderna - Padre Paulo Ricardo (01/02)
O Drama da Mulher Moderna - Padre Paulo Ricardo (02/02)
Yuri Bezmenov - Marxistas, os idiotas úteis
Yuri Bezmenov - A corrupção moral da sociedade pelos Marxistas
Yuri Bezmenov - A corrupção moral da sociedade pelos marxistas - II


Olavo de Carvalho

Conselho de Olavo aos Brasileiros - Fujam do mundo melhor !!!
A Diferença entre Socialismo e Comunismo
Caetano Veloso e intelectuais de esquerda acordam para projeto totalitário do PT
O PT e o Desarmamento do Brasil
Governo, Farc e Foro de S. Paulo (prof. Olavo de Carvalho)
O Foro de São Paulo e o Neo-Comunismo
True Outspeak - Terrorismo e Foro de São Paulo
Ódio Esquerdista, Vitimismo Negro e Coitadismo Feminino
Escravidão, etnias, miscigenação, cotas raciais, racismo — TO 02/12/09
O COMUNISMO NO BRASIL É INEVITÁVEL!
Olavo de Carvalho explica o comunismo completamente (Parte 1)
Olavo de Carvalho explica o regime militar brasileiro
Casamento gay e Caos Jurídico no Brasil
Olavo de Carvalho - O COMUNISMO NO BRASIL É INEVITÁVEL!
Olavo de Carvalho Explica Porque Esquerdista não é Igual a Pessoa Normal